Alérgicos Homens Mulheres

Por que o Hidratante MBoah é ideal para quem tem Dermatite Atópica?

Como dissemos no post anterior, o portador de Dermatite Atópica tem uma deficiência de lipídeos na pele. Isso compromete o seu papel de barreira, tornando-a ressecada e facilmente irritável. O que torna uma boa hidratação diária necessária e permanente.

A MBoah, que tem a linha de hidratação mais personalizada do Brasil, tem também um hidratante ideal para cuidar da pele de quem sofre com Dermatite Atópica, é o Hidratante Hipoalergênico. E o que faz dele um hidratante ideal?

De maneira geral, o que ele tem e o que ele não tem na sua composição é o que faz dele um cuidado diferenciado e único para a pele reativa.

O que ele tem?

– Óleos vegetais biocompatíveis que repõem a camada protetora da pele, restaura a sua função de barreira lhe devolvendo brilho e maciez. Biocompatíveis significa que são semelhantes aos lipídeos que o organismo produz para formar a camada protetora da pele, que é deficiente no portador de Dermatite Atópica. Por isso dizemos que o hidratante Hipoalergênico MBoah repara a camada protetora da pele de forma natural e segura.

– Ativos hidratantes capazes de reter o teor de água ideal na camada superficial da pele, assim como, promover a hidratação das camadas mais profundas, restabelecendo o equilíbrio e o bom desempenho das suas funções vitais.

– Nutrientes de ação protetora das células e ativos dermocalmantes e reepitelizantes que previnem a reatividade da pele e mantêm sua suavidade.

– Hidratação eficiente com um sensorial leve e sedoso.

E o que ele não tem?

Petrolatos, como o óleo mineral (paraffin  oil,  mineral  oil) que é  muito  usado  nos  hidratantes  pelo seu baixo custo e alta capacidade de oclusão, mas não têm similaridade com a pele. Faz uma oclusão (tampar) excessiva que pode interferir no mecanismo natural de hidratação da pele. Além disso, pode carrear substâncias tóxicas. Propilegligol (propylene  glycol), outro derivado do petróleo bastante usado pelas indústria cosmética que é altamente alergênico.

Parabenos ( Parabens,  Methylparaben,  Ethylparaben,  Propylparaben  e  Butylparaben): classe de conservantes que além de alergênicos, mimetizam (imitam) a ação do estrógeno (hormônio feminino) e estão relacionados com depósito da substância no organismo e desenvolvimento do câncer de mama.

Uréia, um ótimo hidratante que não deve ser usado na pele lesionada ou sensível. Além de causar ardência pode ser absorvido e ir para a corrente sanguínea.

Formol e Conservantes Liberadores de Formol (quatérnium-15,  diazolidinil  hora,  imidazolidinil  ureia  e  DMDM hidantoína): podem liberar formol na pele causando irritação e levando ao desenvolvimento de alergia.

Corantes sintéticos: substâncias potencialmente alergênicas.

Trietanolamina: substância potencialmente alergênica, ainda bastante usada nos cosméticos.

Etoxilados: matérias-primas (PEG) obtidas por etoxilação, processo em que é liberado o composto 1,4-Dioxano, altamente tóxico e cancerígeno. Resquícios desse composto podem permanecer nas matérias-primas e ser nocivo às peles mais sensíveis.

Perfume (parfum, perfume mix) ou qualquer outra substância mascadora de odor: substâncias alergênicas sendo uma das causas mais frequentes das reações alérgicas.

Quem tem Dermatite Atópica e Alergias precisa ter atenção e cuidados constantes com a pele. Cuidados estes que não podem faltar na hora de escolher seu acessório básico: o Hidratante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *